[1° Verso: Mauricio DTS]
Daqui eu vejo tudo acontecer
Daqui escuto tudo e tá comigo
Quem fez tudo acontecer
Segura a emoção e traz seu coração fechado
Que eu vou abrir igual Houdini
Abria cadeado
Mais importante é a emoção do verso
Não como versa, ordem inversa
Oportunismo é pressa, não tem conversa
Categoria monstro, team velha escola
Mais pesado que a marra dessa nova escola
Onde os beats falam mais que a própria rima
Eu vejo mercenários igual bitches na еsquina
Encantados, vi cantores
Deslumbrados pelo cash, no cеnário
Vira contadores
Contra dores, mil amores
Entendi Maquiavel
E não espero receber favores
E aquela feat. meu parceiro é nóis que tá
O beat tá no pente, demoro
É só encostar
Revolução é nóis que faz acontecer
Depois dessa track quem não conhecia
Vai te conhecer
Se o poste mijar no cachorro
Revolução de condomínio vai pra rua
Pra catar o torro
Aquilo que cês querem de mim
Vão nascer de novo, morrer de novo
E não vão conseguir
Hoje o cenário é só pipoca e ramelão
Desculpa rap pelo uso do seu santo nome
Em vão
[Refrão: Mano Fler]
Caixa de pólvora é o meu coração
Se explodir vai alastrar todo veneno
Caixa de pólvora é o meu coração
Mortes por drone foragidos no sereno [2° Verso: Melk]
Olho sem face, boca na lata
Lábio rasgado
Sente o gosto da calçada
Hoje os menor tá na pista de Joana D’arc
Descabelando a franja do Restart
Elebone, Night Cyclone
Mortes por drone, mortos de fome
Narina no anzol, terra da cocaína
O fuzil a cada palmo, palma pra Londrina
Os piá mais chato que o Galvão Bueno
Não tá me vendo, senta o dedo no sereno
Tem crack no campinho
Al Zedex e Drone
Já que se dane, o resto que se dane
Estudantes na rua à revolução
Tá rajando no argumento e fogo no busão
Aí gordão tô firmão, insana diretoria
Diabetes nas esquina sofre asfixia
[3° Verso: Mano Fler]
Eu não saía bem na foto nem com Photoshop
Capacidade fez do homem fraco
Um homem forte
Pequenas coisas me jogou em grandes multidões
Na escola, sopa de letrinhas
Formou palavrões
Destruir seu passado é reconstruir o presente
Se o seu valor é uma 9
Com 30. no pente
Perto das redes sociais, distante de si mesmo
Se deve uns abdominais
Em zóio de torresmo
Deficiência para mim é dormir mais que a cama
Obrigado Elba Ramalho
A minha mãe te ama
Quem se coloca no lugar do irmão inteligente
A mente tão pressente o que a verdade
Às vezes mente
Meu coração não sente frio do 50 Cent
Água ardente na boca de fumo
Cheio de dente
Nóis é Bagua, larga na frente por ser diferente
Primavera sem flores
É o ninho da serpente
Plantio é opção, a colheita é obrigatória
Te torna o burro mais inteligente
Da história
Ei criminoso, o crime não é o creme na crematória
Otário é grife nóia
Vagabundo é grife nória
Se quer julgar, então primeiro procure o espelho
Pra vida eu tô de pé e para Deus
Tô de joelhos
Quem quer crescer e quando cresce quer voltar do início
Isso daqui nunca foi álibi
É um compromisso
[Refrão: Mano Fler]
Caixa de pólvora é o meu coração
Se explodir vai alastrar todo veneno
Caixa de pólvora é o meu coração
Mortes por drone foragidos no sereno

Many companies use our lyrics and we improve the music industry on the internet just to bring you your favorite music, daily we add many, stay and enjoy.